16/05/2022
Vacina de camelô em Madureira? Anvisa e Polícia Federal investigam boato

Vacina de camelô em Madureira? Anvisa e Polícia Federal investigam boato

Publicações nas redes sociais sobre uma suposta vacina para a Covid-19 que estaria sendo vendida em camelôs de Madureira, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro, motivaram uma investigação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e da Polícia Federal. Segundo as postagens que viralizaram nos últimos dias, as doses estariam sendo vendidas por R$ 50, com direito a certificado e aplicação na hora se a pessoa quiser, mas com o custo adicional de R$ 10.

Procurada pelo portal UOL, a PF informou que não divulga informações sobre eventuais diligências ou investigações em andamento. Em nota, a Anvisa informou que “nesse momento não é possível compartilhar informações relativas às investigações em curso. O que podemos afirmar é que qualquer comercialização ou aplicação de vacina de Covid-19, fora de pesquisa, hoje no Brasil é atividade irregular e oriunda de falsificação, pois não há vacinas autorizadas no Brasil ainda”.

Confira no texto: https://olhardigital.com.br/2020/12/23/noticias/anvisa-e-policia-federal-investigam-vacina-de-camelo-no-rio/

#Vacina #Camelô #OlharDigital

Siga o Olhar Digital nas redes sociais!
Estamos no Instagram, Twitter, Facebook e LinkedIn. ⬇️😉

Instagram ➡️ https://www.instagram.com/olhardigital
Twitter ➡️ https://twitter.com/olhardigital
Facebook ➡️ https://www.facebook.com/olhardigital
LinkedIn ➡️ https://www.linkedin.com/company/olhar-digital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Gosta do Portal Tradesman? Por favor, compartilhe com seus amigos!